jusbrasil.com.br
22 de Maio de 2017

Advocacia, uma visão

#DepartamentoasQuintas

Gustavo Rocha, Consultor Jurídico
Publicado por Gustavo Rocha
há 2 anos

Qual a sua visão de ser advogado?

Para muitos, elaborar petições, responder emails de clientes, fazer audiências e estudar leis. Infelizmente um sentimento e viver de muitos advogados.

Todavia, isto é o passivo da advocacia. Advogar é o relacionamento com o cliente. É a estratégia do processo. E não a petição em si. Alguns dirão que é a petição que é estratégica, mas é um ledo engano.

Peticionar para um judiciário que aplica leis de teses prontas, com súmulas vinculantes definidas por tribunais que são compostos com interesses políticos… Convenhamos, é piada pronta.

É no conhecimento e na estratégia – e não na obscuridade ou jeitinho – que se faz a advocacia.

Assim, convido a ler o texto de Mia Couto abaixo:

Não Sabemos Ler o Mundo

Falamos em ler e pensamos apenas nos livros, nos textos escritos. O senso comum diz que lemos apenas palavras. Mas a ideia de leitura aplica-se a um vasto universo. Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sinais climáticos nas nuvens, lemos o chão, lemos o Mundo, lemos a Vida. Tudo pode ser página. Depende apenas da intenção de descoberta do nosso olhar. Queixamo-nos de que as pessoas não lêem livros. Mas o deficit de leitura é muito mais geral. Não sabemos ler o mundo, não lemos os outros.

Vale a pena ler livros ou ler a Vida quando o acto de ler nos converte num sujeito de uma narrativa, isto é, quando nos tornamos personagens. Mais do que saber ler, será que sabemos, ainda hoje, contar histórias? Ou sabemos simplesmente escutar histórias onde nos parece reinar apenas silêncio?

Mia Couto, in ‘E Se Obama Fosse Africano?’

Abrir nossos horizontes… Pensar que advogar é muito mais do que o judiciário.

Advogar é estar dentro da estratégia do cliente, do negócio do cliente, do interesse do cliente. É conhecer de leis, de mercado, de finanças e de tudo que envolve o universo do seu cliente.

E o advogado corporativo?

Este – em sua maioria – já aprendeu que advogar é mais do que peticionar, aprendeu que advogar é estar alinhado as estratégias da empresa e focar no CEO, CFO e outros para desenvolver um jurídico estratégico.

Principalmente no corporativo temos que compreender que ser advogado é ampliar a sua visão de negócio e da própria advocacia.

Além de tudo isto, advogar é estar conectado as novas tecnologias e extrair delas coisas úteis para ter mais tempo. Daí sim, para estudar mais, viver mais e curtir mais.

Porque ser advogado – mesmo o sendo 24 horas por dia – é mais do que o trabalho. É viver a vida com maior conhecimento jurídico do que a maioria, mas sem perder a verdadeira essência da nossa existência: Ser nós mesmos em convivência com os outros.

E nada melhor do que neste dia 15 de Outubro, dia do professor, aproveitar para aprender esta lição: Advocacia é mais do que processos judiciais e processo eletrônico.

#FicaaReflexão


Artigo escrito por Gustavo Rocha

GustavoRocha. Com – Consultoria em Gestão e Tecnologia Estratégicas

Celular/WhatsApp/Facebook Messenger: (51) 8163.3333

Contato Integrado: gustavo@gustavorocha.com [Email, Gtalk/HangOut, Twitter, LinkedIn, Facebook, Instagram, Youtube]

Web: http://www.gustavorocha.com

Gustavo Rocha, Consultor Jurídico
Sócio da Consultoria GustavoRochaCom
Consultor nas áreas de gestão, tecnologia e marketing estratégicos. Conheça mais em www.gustavorocha.com
Disponível em: http://gustavorochacom.jusbrasil.com.br/artigos/242755716/advocacia-uma-visao

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)